petroleiroanistiado

A great WordPress.com site

PETROBRAS – Decide manter ativo de gás na Argentina

Deixe um comentário

Petrobras decide manter ativo de gás na Argentina

Interessada na exploração de gás não convencional, a Petrobras decidiu não se desfazer totalmente dos ativos na Argentina. Ficou com 33,6% da concessão de Rio Neuquén. Em 2014, quando começava a enfrentar o escândalo de corrupção que deflagrou a Lava Jato, a Petrobras anunciou, na Argentina, a intenção de investir em Neuquén mais de US$ 600 milhões na perfuração de poços para encontrar o chamado “tight gas”, encontrado em formações pouco permeáveis.
Em Buenos Aires, pessoas do setor comentam que a brasileira tomou atitude semelhante à de uma pessoa que se desfaz de seu patrimônio, mas não abre mão de ficar com o que mais gosta. A concessão de Rio Neuquén, que leva o nome da cidade economicamente mais importante da Patagônia argentina, é considerada “uma joia”.
O banco J.P. Morgan, por sua vez, acredita que a Petrobras excluiu o Rio Neuquen da venda anunciada para, posteriormente, vender separadamente o ativo no futuro.
A Pampa Energia, a compradora dos ativos da Petrobras, informou que só vai se pronunciar depois que o acordo for assinado. A empresa faz parte de um importante conglomerado da área de geração e distribuição de energia que pertence ao empresário Marcelo Mindlin. Inicialmente, a estatal YPF parecia ser a mais interessada na compra e chegou a fazer uma oferta de US$ 900 milhões, mas as negociações não evoluíram.
No Brasil, a venda dos ativos da Petrobras na Argentina e no Chile, por US$ 1,382 bilhão, foi bem recebida pelo mercado. Ontem, as ações preferenciais da companhia fecharam o dia com alta de 1,43% (R$ 9,92), enquanto os papéis ordinários subiram 1,09% (R$ 12,96).
Analistas ouvidos pelo Valor, no entanto, destacaram que falta muito para que a empresa atinja a meta de venda de ativos para o ano, de US$ 14,4 bilhões. E que, embora as transações deem fôlego para o caixa da petroleira, as operações não resolvem o problema do endividamento da empresa. Segundo o J.P. Morgan, a venda dos ativos na Argentina e Chile devem contribuir para reduzir em 0,1 vez a alavancagem medida pela relação da dívida líquida/Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização).
“Em nossa opinião, o plano de venda de ativos diminuiria as necessidades de caixa de curto prazo e reduziria a probabilidade de a companhia ter de executar o termo de compromisso recentemente assinado com um banco chinês [ China Development Bank, para financiamento de US$ 10 bilhões]”, citou o banco, em relatório, assinado pelo analista Felipe dos Santos.
Já o Credit Suisse destacou que a venda dos ativos na América do Sul minimiza os riscos de uma potencial capitalização da companhia. Mas ressalvou que as necessidades de financiamento ainda são consideráveis. “Achamos que, no momento, os fluxos de caixa são benvindos para minimizar os riscos de um potencial aumento de capital”, afirmam os analistas Andre Natal e Regis Cardoso. “Existem contingências não provisionadas de mais de US$ 40 bilhões, ainda não incluindo os potenciais resultados da ação de classe nos EUA.”
O diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), Adriano Pires, por sua vez, afirmou a Petrobras fez um “bom negócio”, mas lembrou que o montante que será arrecadado representa menos de 10% da meta de venda de ativos para o ano. Pires destacou que as especulações em torno de uma mudança do comando da companhia pode travar o processo. Segundo ele, a atual gestão não deve, neste momento, iniciar nenhuma grande operação de venda de ativos, para não ser acusada posteriormente de gestão temerária.
Fonte: Valor Econômico

Anúncios

Autor: carlosadoria

MANTÉM SUAS UTOPIAS DE 60 ANOS ATRÁS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s