petroleiroanistiado

A great WordPress.com site

PETROBRAS – Projeto da planta de amônia será reformulado.

Deixe um comentário

O prefeito Paulo Piau, juntamente com sua comitiva, participou de uma reunião com o diretor de Gás

e Energia, Hugo Respold, o gerente de Gás-Química, Marcelo Murta, e técnicos da Petrobras, ontem

(29), na sede do Rio de Janeiro. Na oportunidade, discutiram sobre a venda dos ativos da área de

fertilizantes da multinacional, que incluem a planta de amônia de Uberaba, bem como outras

questões relevantes. “Foi uma reunião muito informativa. Ela nos remete muita responsabilidade na

busca por uma solução não só para a planta de amônia de Uberaba, mas para toda a produção

brasileira de fertilizantes. Atualmente, o Brasil importa ¾ do fertilizante que consome, ou seja, não

temos soberania no maior negócio do país, que é o agronegócio”, destacou.

Segundo o prefeito, a planta de amônia de Uberaba está sendo reprojetada, sendo que poderá ser

anexada a produção de ureia nesse novo contexto, tornando o projeto viável. Entretanto, para

viabilizá-lo definitivamente, precisamos tratar da questão fiscal a nível nacional e do preço do gás.

“Saímos dessa reunião com a missão, junto com os governos Federal e Estadual, de darmos

condições ao setor privado de adquirir os ativos da produção de fertilizantes da Petrobras, os quais

foram colocados à venda”, afirmou Piau, acrescentando que há um grupo interessado no segmento,

mas não será viabilizado se o imposto não for reduzido. “Nos produtos importados, não há ICMS,

mas, nos nacionais, tem e isso já é grande diferença”, comentou.

Além da questão fiscal, o prefeito falou sobre o preço do gás no Brasil, que também precisa de

melhorias, para ajudar a alavancar o projeto da planta de amônia. “É mais fácil importar amônia e

exportar ureia e isso acaba com a produção nacional, o que vem prejudicando a área de fertilizantes.

Nós temos que tomar medidas nacionais para que a indústria de fertilizantes em todo o país não seja

ainda mais reduzida. A nossa grande lição e o desafio será tratar essa questão em um nível maior,

buscando políticas públicas com o governo nacional para viabilizar a nossa planta de amônia”,

completou.

Comitiva

Representantes. A comitiva do prefeito foi composta por: secretário de Desenvolvimento Econômico,

José Renato Gomes; deputado estadual Tony Carlos; secretário estadual de Desenvolvimento

Econômico, Altamir Rôso; diretor da Cemig/GAsmig, Sérgio da Luz Moreira; representantes da Mesa

Diretora da Câmara Municipal de Uberaba, Luiz Dutra (presidente) e Samuel Pereira (1º secretário),

representante do G9, Nagib Facury (Fiemg/Uberaba), presidente do Sinduscom, Roberto Veludo, e

presidente da CDL/Uberaba, Fúlvio Ferreira.

Fonte: Jornal de Uberaba

 

Anúncios

Autor: carlosadoria

MANTÉM SUAS UTOPIAS DE 60 ANOS ATRÁS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s