petroleiroanistiado

A great WordPress.com site

PETROBRAS – A privatização começou “pelas beiradas”.

Deixe um comentário

Petrobras conclui venda da Gaspetro para Mitsui

A Petrobras concluiu ontem a venda da participação de 49% na Gaspetro para a Mitsui Gás e Energia
do Brasil, por R$ 1,93 bilhão, conseguindo atingir a meta de US$ 700 milhões em venda de ativos
estabelecida para 2015 a poucos dias do fim do ano. Os desinvestimentos, porém, continuaram
ficando muito distantes dos planos iniciais da estatal, que previam a venda de US$ 3 bilhões em
ativos neste ano.
A Gaspetro é a holding que consolida as participações societárias que a Petrobras tem nas
distribuidoras estaduais de gás natural. A transação foi aprovada no início de dezembro de forma
definitiva e sem restrições pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).
No início do ano, a Petrobras previa vender US$ 13,7 bilhões em ativos em 2015 e 2016. Ao divulgar,
em junho, o Plano de Negócios e Gestão para o período de 2015 a 2019, a companhia ampliou a
previsão de desinvestimentos para US$ 15,1 bilhões. Desse total, US$ 3 bilhões seriam vendidos
neste ano. Em outubro, a companhia revisou novamente o valor, mudando a meta para US$ 700
milhões neste ano.
Sem a venda da Gaspetro, a estatal teria terminado o ano com a negociação de aproximadamente
US$ 200 milhões em ativos, segundo os valores informados recentemente pela companhia.
Além da venda da fatia de 49% da Gaspetro para a Mitsui, a Petrobras anunciou outros dois
desinvestimentos este ano: a venda dos 20% dos campos de Bijupirá e Salema, na Bacia de
Campos, para a PetroRio (por US$ 25 milhões); e a venda de seus ativos de exploração e produção
na Bacia Austral, Argentina, para a Companhia Geral de Combustíveis (por US$ 101 milhões).
Em novembro, o diretor financeiro da Petrobras, Ivan Monteiro, já havia anunciado que o plano de
desinvestimento de US$ 700 milhões em 2015 seria alcançado com a conclusão da venda da
Gaspetro e que a meta de venda de ativos, inicialmente estipulada em US$ 3 bilhões, foi revisada
depois que a companhia desistiu de realizar o IPO da BR Distribuidora ainda em 2015.
Segundo Monteiro, se a companhia conseguir atingir a meta de venda de US$ 15,1 bilhões em ativos
no biênio 2015-2016, não terá necessidade de fazer novas captações no ano que vem.
O conselho de administração da estatal aprovou a venda da participação na Gaspetro em outubro,
mas a operação vinha sendo barrada pelo governo da Bahia, que resiste ao aumento da participação
acionária da Mistui na Bahiagás. A Gaspetro tem 41,5% da empresa baiana. A Mitsui, por sua vez, já
é sócia da empresa por meio da Bahiapart.
No início do mês, o governo da Bahia conseguiu uma liminar suspendendo a operação, alegando que
o aumento da participação da Mitsui na empresa vai significar uma “violação ao modelo tripartite do
acordo de acionistas em vigor na Bahiagás” e a “usurpação do poder de controle do Estado da Bahia
na Bahiagás”.
Na ocasião, o secretário de Infraestrutura da Bahia, Marcus Cavalcanti – que também é presidente do
conselho da Bahiagás – disse que o Estado estava disposto a ir até “as últimas consequências” para
garantir o respeito ao acordo de acionistas da empresa. A interpretação do governo era de que a
venda da Gaspetro para a Mitsui aumentará poder do grupo japonês, o que no entendimento de
Cavalcanti poderia ameaçar novos investimentos.
No dia 18 de dezembro, no entanto, o governo do Estado da Bahia desistiu da ação cautelar, que foi
extinta pelo juiz Manoel Ricardo Calheiros D’avilla, da 5ª Vara da Fazenda Pública do Tribunal de
Justiça da Bahia.
Fonte: Valor Econômico

Anúncios

Autor: carlosadoria

MANTÉM SUAS UTOPIAS DE 60 ANOS ATRÁS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s