petroleiroanistiado

A great WordPress.com site

PETRÓLEO – OPEP mantém produção em 30 milhões de bpd.

Deixe um comentário

Arábia Saudita se impõe e Opep mantém produção em 30 milhões de bpd

 

Fonte: El País
Autor: Alex Prado

O mercado mundial de petróleo seguirá inundado durante, ao menos, seis meses. Terminou na sexta-feira (4) a última reunião do ano da Opep, em Viena, sem acordo entre os estados membros sobre o teto de produção de petróleo, que permanecerá em 30 milhões de milhões de barris de petróleo por dia. Se impôs a postura do segundo maior produtor mundial, a Arábia Saudita que defendeu sua cota exportadora. A próxima reunião da Organização só acontece no meio do próximo ano.

Nem os preços em níveis historicamente baixos, nem a baixa demanda, diante da débil recuperação econômica do ocidente, foram  capazes de frear a produção. Isto mostra a fragmentação e perda de influência da Opep. A falta de acordo dos 12 países membros expõe ao mundo a incapacidade de se chegar a um consenso, seja para aumentar ou diminuir a oferta. E ainda persistem dúvidas se o cartel cumprirá o limite auto imposto. Em novembro, por exemplo, o teto foi superado, com uma produção de 31,4 milhões bpd.

Esta dúvida se deve á volta da Indonésia ao cartel, depois de uma ausência de 6 anos, por decisão própria. Assim, a Opep terá que acomodar a produção do país indonésio, de quase 2 milhões bpd. Além disto, o Irã encurta os prazos para se reintegrar plenamente ao comércio mundial, depois do levantamento das sanções internacionais, o que poderá elevar suas exportações em mais de 1 milhão de bpd.

Anúncios

Autor: carlosadoria

MANTÉM SUAS UTOPIAS DE 60 ANOS ATRÁS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s