petroleiroanistiado

A great WordPress.com site

CHINA ADQUIRIU CONCESSÕES DE HIDRELÉTRICAS.

Deixe um comentário

A China Three Gorges (CTG) cumpriu o esperado e levou as concessões das hidrelétricas Jupiá e
Ilha Solteira no leilão de usinas existentes que foi realizado ontem pela Agência Nacional de Energia
Elétrica (Aneel), em São Paulo. Com isso, a companhia chinesa se tornou a segunda maior geradora
elétrica de capital privado do Brasil.
As duas usinas, situadas no rio Paraná, na divisa dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul,
somam 5 mil megawatts (MW) de potência instalada. A aquisição, sem concorrente, levou o parque
gerador da CTG no país a 6 mil MW, atrás apenas da Tractebel (controlada pela franco-belga Engie),
que opera 7,3 mil MW.
Considerando todas as geradoras de energia com operação no país, a CTG ficará em quinto lugar,
depois das empresas do grupo Eletrobras, que somam cerca de 29,6 mil MW, Itaipu Binacional, que
tem 7 mil MW, e a Petrobras, que tem, por meio das suas termelétricas, 6,2 mil MW de potência.
Ilha Solteira e Jupiá custarão à chinesa R$ 13,8 bilhões em bônus da outorga. A despeito dos
obstáculos apontados por companhias brasileiras para conseguir financiamentos, a CTG não parece
ter problema com isso.
A companhia ainda não definiu a estrutura de financiamento, mas tem sobre a mesa diversas opções,
que incluem crédito de bancos brasileiros, captações no exterior e o apoio dos bancos chineses. A
exposição do capital da companhia ao câmbio, por exemplo, é um elemento considerado nesse mix.
A CTG tem de desembolsar 65% do valor, ou aproximadamente R$ 9 bilhões, até 30 de dezembro.
Os R$ 4,8 bilhões restantes terão que ser pagos até junho de 2016.
O Valor apurou que uma possibilidade avaliada pela companhia é utilizar capital próprio ou crédito de
bancos chineses no pagamento que terá de efetuar neste ano. O “pool de bancos” locais seria uma
opção para o pagamento da parcela restante, em 2016.
A opção inicial da companhia era se associar a outras companhias em um consórcio, de preferência
um parceiro local. No entanto, o prazo para uma negociação entre a publicação do edital e o leilão foi
considerado curto, e os chineses decidiram apresentar sozinhos a oferta, afirmou uma fonte com
conhecimento da operação.
A gigante chinesa de energia estudava há tempos um investimento de grande porte no Brasil. A
possibilidade de comprar as duas usinas veio em um momento oportuno. Neste ano, já havia feito um
movimento importante no Brasil ao comprar duas empresas de energia do grupo Triunfo, com
potência de 308 MW, pagando cerca de R$ 1,9 bilhão.
A companhia tem ainda 50% das hidrelétricas Jari e Cachoeira Caldeirão e 33% de São Manoel, em
parcerias com a EDP Energias do Brasil. A usina de Jari está em operação e as outras duas ainda
em construção. É dona também de 11 parques eólicos em parceira com a EDP Renováveis,
investimento anunciado em maio.
Dona da usina Três Gargantas na China, a CTG tem cerca de 100 mil MW de capacidade instalada
no mundo todo, montante que inclui empreendimentos em operação e em construção.
A demora na aprovação da MP 688 pelo Senado, possibilitando a cobrança legal da bonificação pela
outorga pelo governo, seria um obstáculo para a empresa. “A segurança jurídica foi fundamental para
que pudéssemos trazer todos os recursos pra cá”, afirmou, na coletiva de imprensa, João Meirelles,
executivo da companhia.
4
O escritório de advogacia Pinheiro Neto foi responsável pela assessoria jurídica da companhia na
operação. O Santander foi o líder na assessoria financeira, enquanto o Itaú foi co-líder.
Em nota, o presidente da CTG Brasil, Li Yinsheng, disse que as aquisições são uma demonstração
“clara e tangível” da intenção de investir e crescer no Brasil, que é um “mercado prioritário” em sua
estratégia de expansão internacional”. “Nossa experiência na construção e operação de
empreendimentos de grande porte nos ajudará a alcançar o objetivo de nos tornarmos uma empresa
de relevância no mercado de energia limpa do Brasil, contribuindo de forma significativa para o
desenvolvimento do setor energético do país”, completou Yinsheng.
Tendo os chineses como os principais atores do leilão, o governo conseguiu ainda emplacar os
demais lotes licitados. As estatais Cemig, Copel, Cesp e Celg fizeram lances para manter concessões
que não foram renovadas nos termos da MP 579, em 2012. A italiana Enel foi outra novidade: levou
duas usinas que foram da Copel.
Com isso, o governo conseguiu garantir a arrecadação de R$ 17 bilhões em bônus da outorga. A
Cemig vai desembolsar o segundo maior valor, de R$ 2,2 bilhões. A Copel aparece em seguida, com
R$ 574,8 milhões.
Apesar da novidade da obrigação do pagamento do bônus da outorga, as companhias conseguiram
deságio mínimo em relação aos valores máximos estabelecidos pela Aneel para a remuneração pela
prestação dos serviços. Esse preço equivaleu a um preço médio de R$ 124,88 o megawatt-hora
(MWh), deságio de 0,3%.
Fonte: Valor Econômico

Anúncios

Autor: carlosadoria

MANTÉM SUAS UTOPIAS DE 60 ANOS ATRÁS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s